X
Quando o aluguer de um depósito fica mais de três meses sem ser pago, os leiloeiros se encarregam de vender os objetos que encontram dentro dele. Esse é o momento no qual os nossos pregoeiros entram em cena para conseguir os maiores benefícios possíveis.

Época7

Época11

BARRY WEISS

BARRY WEISS

Há 15 anos que Barry coleciona antiguidades e já se tornou uma autêntica referência. Agora, com a terna idade de 60 anos, atira-se de cabeça nos leilões de depósitos. Barry acha que estes leilões são o lugar perfeito para fazer dinheiro. Comprar é o seu passatempo, mas é um passatempo em que ele é um verdadeiro perito. A sua especialidade é ampla, desde os carros clássicos às relíquias de guerra. Para vencer a concorrência, Barry está disposto a utilizar todo o seu engenho. Assim, não hesitará em utilizar um adivinho ou óculos de visão noturna para ganhar um leilão. Qualquer tática é boa e nada o fará recuar. Procure o Barry se quiser ouvir frases carismáticas, porque ele nunca tem papas na língua.
BRANDI PASSANTE

BRANDI PASSANTE

Brandi chefia a expansão da sua loja “Now and Then Second Hand”, supervisionando a compra e renovação de uma nova ala. Tanto na loja, como nos leilões, ela expõe sempre o seu caso. E com o negócio e a família à frente de cada leilão, cada licitação é crucial. “Tenho de recuperar rapidamente o meu investimento porque só assim posso pagar o próximo leilão. Se não vender os artigos, não posso voltar a licitar.”
JARROD SCHULZ

JARROD SCHULZ

Lutador e determinado, este novato no mundo dos leilões luta com unhas e dentes para manter o negócio vivo (e feliz ao lado da sua esposa Brandi). Jarrod pode não ser a pessoa com mais dinheiro disponível nos leilões, mas tem uma paixão e uma determinação inigualáveis. Jarrod é quem corre os maiores riscos, enquanto tenta manter a seu lado a sua astuta esposa, pois é ela que passa o tempo a questionar as decisões dele. Embora não pareça, é Brandi que “usa calças” lá em casa. Jarrod é muito trabalhador. Explosivo e astuto como uma raposa, é um grande estratega, capaz de jogar com a mente até dos mais experientes.
DAN E LAURA DOTSON

DAN E LAURA DOTSON

Dan é como um mestre-de-cerimónias e faz mais de 1500 leilões por ano. Oriundo de uma tradicional família de leiloeiros, no ramo desde os anos 40, Dan está neste negócio desde os 11 anos. É o gerente de “American Auctioneers”, uma empresa cujos benefícios assentam nas percentagens das licitações. Há 37 anos que se dedica aos leilões e tem muito orgulho na sua rapidez de ação durante as licitações, tendo já ensinado a mulher Laura a fazê-lo. Casada com Dan Dotson, Laura também é responsável pela gerência da “America Auctioneers”, uma empresa cujos benefícios assentam nas percentagens das licitações e que participa em mais de 1500 leilões por ano.
DAVE HESTER

DAVE HESTER

Rigoroso e disciplinado, Dave gere a sua loja de envios “Rags to Riches” de forma meticulosa. É um verdadeiro tubarão do ramo e ganhou dinheiro à custa de sangue, suor e lágrimas. Em 2005, depois de ter sido declarado culpado por conduzir sob os efeitos do álcool, Dave foi obrigado a prestar serviço comunitário numa loja de beneficência. Ciente das potencialidades da atividade desta natureza, Dave transformou a sua loja de mobiliário numa loja de segunda mão com fins beneméritos. A ideia mudou a vida dele. Filho de um militar e colecionador de comboios, Dave vendeu a coleção do pai por uma pequena fortuna (demorou cinco anos a vender toda a coleção, dadas as suas dimensões). Dizem que Dave é o oposto do pai: simples, limpo e direto nos seus objetivos. De todas as personagens, Dave tem o negócio mais volumoso com as maiores despesas indiretas. Ele precisa que cada artigo comprado gere um lucro suficiente para alimentar a sua “máquina” com mais de 15 funcionários. Os caçadores de tesouros chegam à loja para comprar arte a preços baixos, mas o Dave vende as peças ao preço real: mais de 150.000 dólares.
DARREL SHEETS

DARREL SHEETS

Jogador nato, Darrell é um viciado na adrenalina dos leilões de depósitos há 32 anos. Enquanto outros transformam o jogo da compra de depósitos num negócio estável, Darrell está sempre à procura da “melhor jogada de sempre”. Darrell vangloria-se dos quatro quadros de Picasso e da coleção de banda desenhada mais lucrativa do mundo que conseguiu adquirir em leilões. Com o filho Brandon, tem um pequeno negócio baseado em pouco volume, sem despesas e alto valor. Se um depósito não gera muito lucro, Darrell vende-o mesmo antes de o explorar. Depois de tantos anos no ramo, Darrell já não coleciona: “Hoje em dia, a única coisa que coleciono é presidentes mortos.” Darrell orgulha-se da aventura e da formação que o negócio lhe proporcionou. É um estilo de vida e um legado que espera passar ao filho.
BRANDON SHEETS

BRANDON SHEETS

Depois de optar por um curso profissional para obter equivalência ao 12º ano, Brandon decidiu tirar partido da sua inteligência com a prática no mundo dos leilões de depósitos. Depois de ter aprendido o ofício com o pai Darrell, Brandon percebe mais de antiguidades e artefactos do que qualquer outra pessoa que se dedique ao negócio do colecionismo. Brandon espera estabelecer-se no mundo dos leilões. “É difícil conseguir entrar, porque muitos veteranos vão tentar barrar o caminho dos novatos, se não cairmos nas boas graças deles. Vão tentar enganar-nos para nos levar a gastar o dinheiro em peças que não têm realmente valor comercial. Quando o Brandon não está a ajudar o pai ou a comprar os seus próprios depósitos, Brandon mantém-se como um constante observador. “Já vi a vida da minha família mudar com um único depósito. Agora esse é o meu objetivo de vida.”
IVY CALVIN

IVY CALVIN

Conhecido por todos como o Rei de Palmdale, Ivy Calvin é um comprador sensato que leva todas as transações muito a sério. A sua loja “Grandma’s Attic” tem muito movimento no que toca a vendas, graças à constante contribuição de Ivy com mercadoria nova e clientes já muito fiéis. Quando os leilões escasseiam no “deserto”, Ivy não hesita em viajar até onde for preciso para encher as prateleiras. Onde quer que ele vá, a sua presença é logo notada por todos os locais. Ele atribui isso ao seu espírito competitivo, do tempo em que foi lutador de MMA e jogador de Futsal. Graças aos seus 16 anos de experiência em leilões, é raro Ivy deixar-se enganar pelas trafulhices dos outros compradores.
RENE & CASEY NEZHODA

RENE & CASEY NEZHODA

Rene Nezhoda e a mulher Casey são da zona de San Diego, onde têm uma loja com 650 metros quadrados chamada “Bargain Hunters Thrift Store”. O que mais chama a atenção no Rene é o seu sotaque alemão, seguido de imediato da sua perícia como comprador. Com muito dinheiro nos bolsos e vastos conhecimentos na área das vendas de artigos em segunda mão, Rene é um comprador experiente que não se deixa intimidar por ninguém. Casey acompanha frequentemente Rene nos leilões e apoia incondicionalmente as suas decisões... isto á, até ele dizer que ela não pode ficar com as joias que encontrarem.
KENNY CROSSLEY

KENNY CROSSLEY

Kenny Crossley é de Nova Orleães, onde trabalhou no Departamento do Xerife. Depois de ter deixado a vida policial para trás, Kenny mudou-se para Los Angeles, onde gere complexos de depósitos. O seu encontro num dia fatídico com um tal Barry Weiss fez nascer uma parceria improvável e levou ao aparecimento de Kenny em alguns dos primeiros episódios da série. Ele esteve presente a ajudar o “Colecionador” a abrir um depósito atafulhado, repreendendo-o sempre por causa da linguagem... “Tento nessa língua!”... e até negociando com os bombons caseiros que faz. No início da temporada 10, Kenny aparece como um comprador de pleno direito, aplicando todos os truques que aprendeu com Barry, para conseguir um fatia no negócio dos leilões de depósitos. Com um estilo único e personalidade vincada, Kenny traz uma nova abordagem ao negócio dos depósitos, ao suscitar muitas gargalhadas.
EMILY WEARS

EMILY WEARS

Emily Wears tinha apenas 17 anos quando terminou o curso de leiloeira. Dez anos depois, continua a chamar muito a atenção não só por ser uma mulher num mundo predominantemente masculino, mas também por ser uma das leiloeiras mais jovens de sempre. De volta a casa, em Solon, Iowa, tem o seu próprio negócio de leilões com o pai, um experiente leiloeiro. Assim que começou nos leilões, Emily “agitou as águas” em Los Angeles, porque os compradores habituais não estão habituados à cadência dela. E eles podem protestar à vontade, mas esta rapariga da zona de Mid-West não admite brincadeiras, portanto não hesita em repreender Darrell e Rene por tentarem espreitar o conteúdo de uma caixa e confrontar Ivy que insiste que ela devia começar as licitações por um valor mais baixo. Por outro lado, Emily dá-se lindamente com Mary, uma vez que as duas se destacam claramente no meio de toda a testosterona que as rodeia.
JUSTIN BRYANT

JUSTIN BRYANT

Aos 22 anos, Justin é o comprador mais jovem na história da série. Inspirado pelo que viu nas primeiras temporadas da série “Quem Dá Mais?”, Justin está determinado a impor-se como comprador de depósitos. Como lhe apanhou o jeito muito rapidamente, Justin decidiu dedicar-se em exclusivo a este negócio. Com o tempo, quer ajudar a mãe a comprar uma casa e a pôr o irmão mais velho a trabalhar com ele. Determinado e seguro de si mesmo, Justin não tem qualquer problema em fazer o que for preciso para assumir o seu papel de comprador, como demonstra o primeiro encontro com Rene. Justin apresenta-se sempre no leilão como uma atitude bem definida: se ele quiser um determinado depósito, é certo de que o levará para casa.